segunda-feira, 28 de julho de 2014

Espaço Educação: tentando enxergar...

por Juliano Carrer
 - cocalcomunitario@gmail.com

Em um curso de formação continuada, escutei uma professora dizendo: "o problema dos salários dos professores ser baixos é porque existem muitas bolsas para acessar a universidade e aí os pobres vêm e fazem faculdade. E como estão acostumados a receber pouco, não buscam melhores salários".

Obviamente, disse para ela que essa era uma postura preconceituosa e tentei dialogar... Claro que não rolou, primeiro pois eu fui um pouco explosivo na resposta à fala dela e segundo pois ela não queria mudar de opinião.

Aí eu me pergunto: não deveria ter bolsas? Tinha que ser tudo pago?

Engraçado algumas pesoas serem contra as bolsas, dizendo que a pessoa precisa sentir no bolso, e ao mesmo tempo estudam ou estudaram em universidades públicas, pagas com dinheiro público. Incoerências dessa vida!

É precio ter cuidado com posturas que tomamos sem uma reflexão mais profunda. Colocar a culpa das condições precárias do trabalho nos pobres é desacreditar que eles são tão humanos quanto quem não é pobre. É defender que apenas uns podem enquanto os outros não. É excluír completamente eles da sociedade.

Como assim?

Bom, se você acredita que a pobreza é o motivo das escolhas mal feitas, uma possibilidade é não deixar que os pobres escolham, que este participem.

Precisamos ter clareza das consequências dessa exclusão. Afinal de contas, não pense você que alguem ignorado sempre baixa a cabeça. As vezes reage. E essa reação pode ser violenta.

Nao defendo violência, mas acredito que a maior violência é aquela que tenta tirar o direito a vida digna de uma pessoa. E quem reage a esta violência traz presente um certo ar de protesto, de revolta, de negação a uma proposta que o excluiu.

Como disse antes, não sou favorável a violência, mas faço uma leitura crítica das violencias que enfrentamos em nossas vidas.

Acredito que grande parte dos atos violentos na sociedade são frutos dessa sociedade injusta e que desvaloriza a vida humana.

Que escolha fazemos? De que lado estamos? São perguntas que sao respondidas com nossos atos, com nossas palavras. Se defendermos o não acesso daqueles que são vítimas de um sistema injusto estamos defendendo a violência, estamos defendendo a exclusão.

Quanto mais inclusivos formos, melhor será nossa sociedade. Precisamos acreditar uns nos outros e sermos capazes de dividir (como é o caso das bolsas que usam dinheiro dos nossos imposto para que pessoas que nao tenham as mesmas condições possam melhorar suas vidas).

Uma boa semana.

domingo, 27 de julho de 2014

Algumas manchetes de Cocal desta semana #30.14

por Davi Carrer
 - cocalcomunitario@gmail.com

As três publicações mais acessadas e comentadas desta semana no Cocal Comunitário:

Confira notícias relacionadas à Cocal do Sul em outros veículos de comunicação:

24/7 – Quinta-feira

23/7 – Quarta-feira

21/7 – Segunda-feira


Unesc oferece bolsas de estudo para Sociologia e Letras-Inglês, com ajuda de custo

por Davi Carrer 
- cocalcomunitario@gmail.com

Os sul cocalenses, professores da rede pública de ensino, interessados em fazer uma segunda licenciatura, em Sociologia ou Letras-Inglês, podem participar do Programa Emergencial de Segunda Licenciatura em Santa Catarina. Além de bolsas de estudo, os aprovados receberão um auxílio de custos de R$ 200,00.

Serão beneficiados os professores que atuam há pelo menos três anos na rede estadual ou municipal e estejam lecionando em uma área distinta da sua formação, além de ser portador de diploma de Licenciatura. O curso terá a duração de dois anos, com horário de aula diurno. As aulas iniciam no dia 25 de agosto, às 13h30.

As inscrições ocorrem até o dia 8 de agosto, na Centac (Central de Atendimento ao Acadêmico), no Bloco do Estudante da Universidade, das 9h30 às 20 horas. Confira no site da Unesc mais informações e os documentos necessários. Os professores com dúvidas podem entrar em contato pelo telefone (48) 3431-2610, das 13h30 às 22 horas.

Bolsistas e pagantes

A Unesc oferece 22 bolsas de estudos para o curso de Sociologia e 27 para Letras-Inglês.

Também é possível fazer o curso como pagante e sem o auxílio de custo. O critério é estar atuando há pelo menos três anos na rede de pública de ensino e já ter lecionado em uma área distinta da sua formação, além de ser portador de diploma de Licenciatura. São 23 vagas para o curso de Sociologia e 18 para o curso de Letras-Inglês como pagante.


(Colaboração: Secom Unesc)

sábado, 26 de julho de 2014

Serviço gratuito: Ambulatório de Nutrição da Unesc inicia agendamentos

por Davi Carrer
 - cocalcomunitario@gmail.com

O agendamento para as consultas no ambulatório de Nutrição das Clínicas Integradas da Unesc iniciaram nesta semana. Para marcar a consulta, que é gratuita, é necessário vir pessoalmente na Universidade portando CPF, cartão do SUS e encaminhamento médico. O horário de atendimento das Clínicas é das 8 às 18 horas, sem fechar ao meio dia.

Os pacientes que já faziam acompanhamento no semestre passado podem agendar seu retorno por telefone. Mais informações pelo telefone (48) 3431-2532. Os atendimentos vão iniciar na segunda semana de agosto, sob a coordenação da professora Ângela Martinha Bongiolo.

(Colaboração: Secom Unesc)

Prefeitura concluí pavimentação na Área Industrial

por Davi Carrer
 - cocalcomunitario@gmail.com

Para aqueles que só acreditavam vendo, a reivindicação que se estendia durante anos pelos empresários instalados na Área Industrial II está concretizada. A Prefeitura de Cocal do Sul finalizou a pavimentação asfáltica da Rua Assis de Souza Brasil, uma das vias de acesso ao local.

A obra foi executada pela Setep Construções LTDA e possui 715 metros de extensão. Um investimento de R$ 500 mil com recursos provenientes da Agência de Fomento do Estado de Santa Catarina S.A. (Badesc), que serão pagos com recursos da Prefeitura ao longo dos próximos anos.

(Colaboração: Maria Luiza Da Rolt – Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal de Cocal do Sul)

Coopercocal realiza desligamentos em Urussanga neste domingo

por Davi Carrer
 - cocalcomunitario@gmail.com

A Coopercocal vai realizar o desligamento de energia elétrica para manutenção em Belvedere, Rio Carvão, Rio Carvão Baixo e Linha Rio Maior, em Urussanga, neste domingo (27/7).

Os moradores ficarão sem eletricidade das:
- 9 às 11 horas, em Belvedere;
- 6h30 às 9 horas, em Rio Carvão, Rio Carvão Baixo e Linha Rio Maior.


O desligamento somente vai ocorrer em condições climáticas favoráveis. Por medida de segurança o cidadão deve considerar a rede energizada.

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Obras do novo quartel da PM iniciam

por Davi Carrer
 - cocalcomunitario@gmail.com

As obras do novo quartel da Polícia Militar de Cocal do Sul já iniciaram. O local será construído para melhor atender aos sul cocalenses, além de fixar a base da PM de Cocal do Sul. 

"A PM, em toda a sua história aqui neste município, esteve alocada em imóveis que não condiziam com a realidade e necessidades necessárias ao bom atendimento aos cidadãos. Esperamos que em pouco tempo possamos nos mudar para a casa nova, todos serão sempre muito bem vindos. Um muito obrigado", relata a polícia em uma rede social.


Hepatite B: campanha de vacinação ocorre neste sábado

por Davi Carrer 
- cocalcomunitario@gmail.com

Todas as unidades de saúde de Cocal do Sul estarão realizando neste sábado a Campanha de Vacinação contra a Hepatite B. A mobilização acontece em todo o país e segue até o dia 1º de agosto, em alusão ao Dia Mundial de Luta contra as Hepatites Virais, lembrado no dia 28 de julho. A campanha inicia-se com o “Dia D”, em que os postos de saúde ficarão abertos das 8 às 16 horas, sem intervalo para o almoço.“É importante enfatizar que a pessoa só fica imunizada contra a hepatite B depois de tomar as três doses da vacina”, explica a secretária de saúde, Sinara Crippa Milanez.

Para as crianças a partir de primeiro ano de idade e jovens e adultos até 49 anos, a vacinação é feita em três doses, com um intervalo de um mês entre a primeira e a segunda dose, e de seis meses entre a primeira e a terceira dose. Pessoas dos seguintes grupos vulneráveis também devem tomar a vacina, independente da idade: gestantes, manicures e pedicures, profissionais do sexo, militares, profissionais de saúde, caminhoneiros, usuários de drogas, pessoas que mantenham relações homossexuais, coletores de lixo e tatuadores.

Para as crianças menores de um ano, o calendário básico de vacinação indica uma dose da vacina contra hepatite B ao nascer, sendo que o esquema vacinal é completado com três doses da vacina pentavalente (aos dois, quatro e seis meses), que além de proteger contra hepatite B, previne contra difteria, tétano, coqueluche e meningite causada pelo Haemophilus.

Além da campanha de vacinação contra hepatite B, também será feita a divulgação e realização de testes rápidos de hepatite B e C e HIV nos postos, que irão orientar a população sobre medidas de prevenção e tratamento. Com apenas uma gota de sangue, o teste rápido permite a detecção de hepatites dos tipos B e C. É um método prático e ágil, que vem sendo utilizado no país há mais de 10 anos e que possibilita ao paciente, em menos de meia hora, ter acesso aos resultados e receber o encaminhamento necessário de acordo com sua situação.

Hepatite B

A hepatite é uma inflamação do fígado, geralmente causada por vírus, mas que também pode ser provocada pelo abuso de bebida alcoólica e por reação a algum medicamento. É uma doença silenciosa, que nem sempre apresenta sintomas, mas quando aparecem podem ser cansaço, febre, mal-estar, tontura, enjôo, vômitos, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras. Por isso a importância do diagnóstico precoce, para prevenir doenças como o câncer de fígado e a cirrose, diminuindo também a necessidade de transplantes e internações.

A hepatite B é transmitida pelo sangue e/ou nas relações sexuais sem preservativo. É possível pegar a doença por meio do compartilhamento de objetos como agulhas e seringas, lâminas de barbear, materiais cirúrgicos e odontológicos, materiais de manicure sem adequada esterilização ou por meio de materiais para confecção de tatuagens e colocação de piercings.

Como prevenir a hepatite B

• Vacine-se contra a hepatite B.
• Não compartilhe objetos como escova de dente, lâminas de barbear ou depilar.
• Usuários de drogas não devem compartilhar seringas, agulhas, cachimbos e canudos de inalação.
• Assegure-se de que os materiais usados para fazer tatuagens e piercings sejam totalmente descartáveis.
• Utilize material de manicure individual e esterilizado.
• Use preservativo em todas as práticas sexuais.

(Colaboração: Maria Luiza Da Rolt – Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal de Cocal do Sul)

#EnfimSexta! #21

por Camila Furlan
 - socialcomunitario01@gmail.com

Olááá...
E aí minha gente, como estão vocês?

Quem foi ver o Papito sábado??? Estive lá na Mazon com umas amiguinhas... Acabei conhecendo o ex-casa dos artistas/Papito/Xupla/Supla, e o “Brother” dele, João Suplicy. Pensei que não, mas os caras são gente boa... O Supla tem uma cara de “não me toque”, mas a real é que ele é super simpático (no meu dicionário, os super simpáticos são aquelas pessoas que interrompem o jantar pra falar contigo – sem serem solicitados a isso - e ainda te oferecem comida hahaha). Pra ser sincera, eu não conhecia as músicas deles, mas o show foi super legal, muito rock’n roll. Quem curte o estilo e não foi, sinto avisá-los, mas vocês perderam...

Mas o que temos pra hoje, afinal, é seeeexxxtaaaa!!

25 e 26/7 - Sexta e Sábado Carnaval de Inverno no Mampituba
Adooooooro época de carnaval!!! E como adoro inverno, gosto muito mais do carnaval de inverno. Só o fato de não ter aquele calorão, em que fica todo mundo derretendo, já me alegra. Mas o mais interessante desse tipo de carnaval são as fantasias!! Esse ano me diverti fazendo a minha (semana que vem mostro foto). É em eventos como esse que enxergamos o espírito criativo de toda essa gente. Mas além de criatividade, aposto que o que vocês têm aí de sobra é energia, animação e disposição para dois dias de folia carnavalesca... Certo? Pois então dá uma olhada no que vai rolar sexta e sábado.
Sexta: No primeiro dia de festa, o som que vai comandar fica com a banda Yes Brasil e MC Koringa. Viu que tem até MC famoso na área. E, assim como no ano passado, vai ter uma tenda alternativa com o sertanejão que o pessoal adooora, de Patrick & Jovani + Dj Mike. Gostaram?! Espera que ainda tem mais, no sábado.
Sábado: Sábadãoooo, segundo dia, mas ninguém vai estar cansado, né?! Então, dia 26 muitas marchinhas de carnaval irão rolar com o Monobloco e, “chão, chão, chão”, com o Malha Funk. Na tenda alternativa o som fica com o Neguinho e Emanuel + Dj Mike. Gente, programação não tem do que reclamar, a festa vai estar daqueeeeele jeito, então quem não se programou e não tem fantasia, pega aí um lençol, imita um fantasma e cai na folia (tenho um amigo que já fez isso...). Esse é o último aviso pra quem ainda está aí lagarteando e de mimimi... Vaaaaaaamo!

Pra quem não curte carnaval, é claro que também tem “cositas” pra vocês fazerem...

25/7 - Sexta-Feira
• Rush – Ventuno Pub Urussanga
• Vigário Jack – Alambique Via 1500 Criciúma
• Jeka House – House Beer Orleans
• Surreal Party – DUCA Pub Criciúma
• Flor de Lótus Classic Rock – Máverick Bikerspub
• Fernando e Bianchini – Choperia 790
• 2ªEd. De Pernas pro Ar – Villaras Içara

26/7 - Sábado
• Acústico (gaita e violão) - Ponto 20 - Cocal do Sul
• Bob Marley Celebration – Ventuno Urussanga
• Inferno Metal Fest – Alambique via 1500 Criciúma
• Vigário Jack – Máverick Bikerspub Criciúma
• Samba Country – Balada Pub Criciúma
• Jeka Fest – Todai-ji Tubarão
• Sensation – Villaras Içara
• Sunset Prime and Friends – Villa’s Içara

Happy Birthdayyyyy…


Para vocês, leoninos, desejo felicidades, paz, saúde, amor e boas energias… Que o dia do aniversário de vocês seja repleto de alegrias, e que essas alegrias se multipliquem ao longo do ano e de todos os próximos que virão. Busquem seus objetivos e vivam cada dia como se fosse o último, corram atrás daquilo que lhes faz bem. Feliz aniversário!

Beijos e beijos até a próxima!